Arquivo da tag: jurídico

SINDICATO VAI PEDIR MEDIAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO NA NEGOCIAÇÃO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Tribunal está realizando audiências por videoconferência

Tribunal está realizando audiências por videoconferência



A assessoria jurídica do Sindivigilantes do Sul vai ingressar, nesta semana, com um pedido de mediação da Justiça do Trabalho na negociação da Convenção Coletiva de Trabalho 2020-2021. Em todas as assembleias realizadas, a categoria rejeitou a proposta patronal.

Desde então, a negociação com o Sindicato das Empresas de Segurança Privada (Sindesp) não evoluiu, porque os empresários insistem com a mesma proposta, ou seja, nenhum índice de reajuste. Nem sequer a reposição da inflação, que ficou em 4,30% na data-base da categoria (1º de fevereiro).

As empresas continuam oferecendo apenas um abono mensal, que chamam de “prêmio de assiduidade”, de cerca de R$ 100,00, que não repercute no piso salarial e demais valores recebíveis, como 13º, horas extras, adicional noturno, periculosidade, férias, adicional de uniforme, FGTS, que continuariam os mesmos.

Esse valor seria pago aos vigilantes com até duas faltas ao trabalho, no máximo. “Pelo que temos conhecimento, o Rio Grande do Sul é o único estado, neste ano, onde as empresas estão tendo essa postura, de não oferecer nenhum índice de reajuste”, disse o presidente do Sindivigilantes, Loreni Dias.

Diante disso, o sindicato vai buscar na Justiça do Trabalho uma mediação que possa solucionar o impasse com entidade patronal. O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4) também está com atividades presenciais suspensas, mas existe a possibilidade das audiências serem realizadas por videoconferência.

Tão logo haja uma resposta do TRT ou alguma outra novidade informaremos a todos, aguardem.

EX-DIRETOR BENINI PERDE AÇÃO JUDICIAL CONTRA O PRESIDENTE DIAS

Justiça



Por decisão do Juiz Leandro Raul klippel, da 12ª Vara Cível de Porto Alegre, o ex-diretor Leandro Benini perdeu a ação civil indenizatória que moveu contra o presidente do Sindivigilantes do Sul, Loreni Dias. 

Ele alegou que teria sofrido calúnias do presidente na reunião em que foi expulso POR UNANIMIDADE da diretoria do Sindicato, em 2018. Na sentença, publicada dia 17 de março, o juiz considerou improcedente a ação e negou o pedido dele de danos morais. 

Segundo o juiz, os fatos apontados por Dias realmente aconteceram, ou seja, que Leandro Benini agia negativamente contra os diretores do sindicato, com ataques pelas redes sociais, que ele fazia autopromoção política na entidade e usava as dependências do jurídico, sem ser advogado do sindicato, para fins pessoais. 

Resumindo, provocou muita discórdia e confusão, enquanto esteve na direção, e por isso foi expulso. Benini ainda foi condenado a pagar as custas do processo e os honorários dos advogados do presidente.

ATENÇÃO – PROCESSOS JUDICIAIS

Justiça



Alertamos à categoria para só considerar como oficiais e verdadeiras as informações sobre processos judiciais do sindicato que forem publicadas no site da entidade.

Desconsiderem qualquer informação que não tenha sido divulgada através do nosso site, mesmo que venha de algum diretor ou até mesmo do presidente. Só assim podemos evitar informações desencontradas ou inverídicas.

Neste sentido, a respeito das ações coletivas contra a empresa JOB, que são várias, o jurídico da entidade está à disposição para responder aos questionamentos dos favorecidos, podendo enviar email ao sindicato que imediatamente encaminhará para a sua assessoria jurídica.

Como sempre acontece, havendo liberações de recursos, faremos a divulgação aos beneficiários. Pedimos aos interessados que aguardem, até porque vivemos tempos de suspensão dos prazos judiciais em razão da calamidade publica decorrente da pandemia.

Loreni Dias – Presidente
Sindivigilantes do Sul

ATENÇÃO: MUDANÇA NO ATENDIMENTO JURÍDICO DEVIDO AO CORONAVÍRUS



A assessoria jurídica do sindicato, a cargo do escritório Young, Dias, Lauxen & Lima Advogados, por medida de prevenção, cautela e segurança da saúde de seus colaboradores, clientes e de toda população, informa que estará trabalhando com sistema de revezamento do seu quadro de funcionários.

Por este motivo, os atendimentos só poderão ser presenciais com prévio agendamento, através dos telefones (51) 3589-5507, (51) 3591-4640 e via whatsapp (51) 995.815.548. Os atendimentos por telefone, por ora, permanecem normais.

Agradecemos a compreensão de todos, pois nosso escritório está cumprindo o dever de cuidado perante as notícias sobre o Coronavírus – COVID 19, cabendo a toda população fazer sua parte neste momento!!

Demais setores do sindicato

Os demais setores do Sindivigilantes do Sul também estarão atendendo com agendamento prévio, por telefone.

Não deixaremos de atender ninguém que venha ao sindicato, mas, como em qualquer lugar, precisamos diminuir contatos pessoais, tal como recomendam as autoridades de saúde.

Por isso, pedimos a compreensão de todos e todas para que agendem o atendimento e só venham à sede se for realmente necessário.

ATENÇÃO ALEXANDRE DE SOUZA MONTA

Aviso Urgente



O vigilante ALEXANDRE DE SOUZA MONTA deve comparecer urgente no Sindivigilantes do Sul, de segunda a quarta-feira, para comprovar nos autos do processo que laborou em beneficio da INFRAERO no período que era empregado da PROSERVI SERVICOS DE VIGILÂNCIA LTDA. Trazer todo e qualquer documento que comprove essa relação como contracheques, livros de ocorrência e/ou outros documentos .

ATENÇÃO VIGILANTES DA JOB, POSTO DA SEMA, COMPARECER NO SINDICATO PARA RECEBER

Dinheiro site 1



Mais uma vez, uma ação coletiva importante do Sindivigilantes do Sul é vitoriosa para a categoria.

Os vigilantes abaixo, que trabalharam no posto da JOB na Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), devem comparecer no sindicato para receber os valores liberados pela Justiça, no processo que o sindicato moveu contra a empresa por atrasos nos pagamentos.

Quem for do interior e não quiser ou não puder vir ao sindicato, deve telefonar e pedir para falar com a secretária do Departamento Jurídico, Jaqueline. Deverá enviar ao sindicato o número da conta corrente corrente (não esquecer a agência) em seu nome num banco, CPF, município.

JOB/Centro Administrativo

No caso do processo job posto CAFF ainda não foi creditado o pagamento pela Justiça para repassarmos aos vigilantes do posto. Assim que a Justiça realizar o depósito, vamos divulgar os nomes de todos que deverão comparecer no sindicato, como sempre fazemos.

Somente neste ano, desde janeiro o sindicato já conseguiu, com ações coletivas, botar dinheiro no bolso de 147 vigilantes da Seltec/Caixa, 16 vigilantes da Dielo, 37 vigilantes da CCTE Tegma e agora 73 vigilantes da JOB/Sema, num total de 273 vigilantes beneficiados (as) pelo trabalho da nossa assessoria jurídica.

Além de outros 457 vigilantes da Seltec que receberam dinheiro de uma ação de 2009, referente à restituição de descontos de VT numa greve. Seguimos trabalhando muito pela categoria, esperamos novos resultados para breve, aguarde.

Segue lista dos substituídos no processo, que têm valores liberados para receber:

1 Adilmo Gomes da Silveira
2 Adilson Adriano Siebert
3 Alberto Elias Basilio
4 Alberto Francesco Berghetti
5 Alceu Gonzaga de Macedo
6 Alceumar Bento Baltazar
7 Alexandre Porto Barros
8 Assis Ronaldo Correia de Assis
9 Benicio Pretto
10 Carlos Teixeira de Vargas
11 Cirineu da Silva Sena
12 Darcio Sholze
13 Davi da Silva Sena
14 Dilamar Brasil Leal
15 Dione Ricardo da Rosa
16 Diovani Portes da Silva
17 Diuliano da Rosa dos Santos
18 Douglas Peres Aquino
19 Eder Leandro Feller
20 Elias Augusto Spanhol Siqueira
21 Elias Daniel da Silva
22 Emerson Tiago Soares Saraiva
23 Enio Elsenbach
24 Gilmar dos Santos de Carvalho
25 Henrique Luiz de Lima
26 Hugo Rafael dos Santos Jardim
27 Ines Machado Pereira
28 Ismael Niehues Belettini
29 Jailson Homem Rocho
30 Jaisson Konig da Silva
31 Janelso de Souza
32 Jaques Douglas Santos Vieira
33 Jesse dos Santos Duarte
34 Jesser da Conceição Rodrigues
35 Jesue de Mattos
36 Jorge Alexandre Pacheco de C.
37 Jose Adriano Pessoa da Rosa
38 Jose de Oliveira Nunes
39 Juliano Castilhos Vieira
40 Juliano dos Reis Menegaz
41 Leandro da Silva Santos
42 Leandro de Souza Dias
43 Lindomar Zugel Garcia
44 Livia Cristine Neves Morais
45 Luciano Guimaraes Moraes
46 Luciano Justo da Rosa
47 Maikel Junior Noetzold
48 Marcio Jesus Lemos Prestes
49 Marcos Cardoso da Rosa
50 Marcos Natal Kugneski da Silva
51 Marcos Samir Pieri
52 Maristela Rodrigues Schumatz
53 Matheus Batista Cardozo
54 Mayco Soares da Silva
55 Moises Rodrigues da Silva
56 Nilso Antonio Viera
57 Osvaldir Correa da Silva
58 Otacilio Rodrigues da Silva
59 Paulo Roberto da Rocha
60 Pedro Alvaro Camargo
61 Rafael Anjos da Silva
62 Roberto Carlos Liberalesso
63 Robson Costa Ramos
64 Robson Martins Gonçalves
65 Rodrigo Martins
66 Roger Rodrigues da Silva
67 Sandra Adelia Ribeiro
68 Sidnei Castilhos Vieira
69 Tarcisio da Silva Oliveira
70 Valmir Bortoleti dos Santos
71 Verediana Borga
72 Vilmar Beck
73 Welligton Espindola Molossi

NÃO ABRA MÃO DE SEUS DIREITOS, PROCURE O SINDICATO, ESTAMOS SEMPRE TRABALHANDO E LUTANDO POR VOCÊ!

ATENÇÃO VIGILANTES DA JOB/SEDUC

aviso



Os vigilantes do posto da JOB na Secretaria Estadual da Educação (Seduc), que estão ainda sem receber os salários de dezembro e parte do 13º salário, devem comparecer no Departamento Jurídico do Sindicato munidos de:

– Carteira do trabalho.
– Contracheque.
– Extrato analítico do FGTS, fornecido pela Caixa Econômica Federal.
– CPF e RG.

Os advogados do sindicato tomarão as medidas jurídicas necessárias, com ação coletiva na Justiça do Trabalho, para garantir o recebimento desses valores pelos trabalhadores.

O horário de atendimento no Departamento Jurídico, durante o recesso do Judiciário, até dia 19, é das 10h às 12h e das 14h às 17h.

NÃO DEIXE PARA DEPOIS. COMPAREÇA NO SINDICATO COM ESSES DOCUMENTOS.

VIGILANTES DA DIELO DEVEM COMPARECER URGENTE NO SINDICATO

aviso-importante



Os vigilantes da lista abaixo devem comparecer com urgência no Departamento Jurídico do Sindivigilantes do Sul para tratar assunto de seu interesse, relacionado ao processo da empresa Dielo Vigilância.

1- Alexandre Luis da Silva
2- Cesar Augusto dos Santos Luiz
3- Fabian Hamilton dos Santos
4- Fabio de Melo Ribeiro
5- Gilmar Rodrigues
6- Igor da Silva Nunes
7- Isidoro Leite Costa Pinzon
8- Itamar Soares Moraes
9- Leonardo Santana de Oliveira
10- Marcio Luiz Pinheiro Lagranha
11- Mauricio A. DA Luz Ajalla
12- Raphael Belisberto da Silva
13- Roselaine Brites Brum
14- Sandro Machado
15- Valdeci Vieira Gomes
16- Valmir Anisio Pereira

O horário de atendimento do Departamento Jurídico, durante o recesso do Judiciário, até dia 19, é de segunda a quinta-feira, das 10h às 12h e das 14h às 17h. Falar com o dr. Maurício Vieira da Silva.

SINDIVIGILANTES, SEMPRE TRABALHANDO E LUTANDO MUITO PELA CATEGORIA.

ATENDIMENTO DO DEPARTAMENTO JURÍDICO CONTINUA NO FINAL DE ANO E JANEIRO

Por causa das férias dos advogados, houve apenas uma mudança de horário, de 19 de dezembro a 19 de janeiro.



Estão divulgando nos grupos de whatsapp que o jurídico do sindicato vai parar de atender nas próximas semanas. É mais uma mentira de gente da oposição que costuma publicar inverdades para confundir a categoria. Conforme já tínhamos divulgado no início do mês, o atendimento jurídico não vai parar no sindicato durante o recesso do Judiciário.

Por causa das férias dos advogados, houve apenas uma mudança de horário, de 19 de dezembro a 19 de janeiro: de segunda a quinta-feira, o atendimento é das 10h às 12h e das 14 às 17h. Nas sextas-feiras, somente, não haverá atendimento.

É difícil entender porque fazem a divulgação de boatos e mentiras como essa, sendo que bastaria ligar para o sindicato e confirmar a informação antes de publicar qualquer coisa.

Não abra mão de seus direitos, procure o Departamento Jurídico do Sindivigilantes do Sul sempre que se sentir prejudicado no trabalho ou se tiver alguma dúvida para esclarecer.