NOTA DE FALECIMENTO

luto site



Profundamente chocada, a direção do Sindivigilantes do Sul lamenta a morte violenta da vigilante Letícia Rosa dos Santos, de 30 anos, quarta-feira, em Gravataí, onde residia. Ela foi encontrada morta, com golpes de faca no pescoço, em mais um caso de feminicídio, conforme tudo indica. O ex-marido está sendo procurado, como principal suspeito do crime, dizem as notícias da imprensa. Letícia trabalhava na empresa Lince, no posto do Dmae, era muito estimada por todos (as) e deixa três filhos, de 5, 9 e 11 anos, que não estavam em casa no momento da ocorrência. É revoltante que casos assim ainda aconteçam nos dias de hoje, vitimando uma jovem trabalhadora, que apenas queria viver em paz, trabalhar e educar seus filhos. Infelizmente, a violência contra as mulheres ainda é uma realidade no nosso meio, por isso, nunca é demais falar desse assunto e enfrentar essa situação, a sociedade precisa reagir contra isso. O sindicato espera que o crime seja apurado o mais rapidamente possível. Ao mesmo tempo, todos nós da diretoria nos solidarizamos com a família, seus amigos, amigas, e colegas. Recebam os nossos mais sinceros sentimentos e o nosso abraço de conforto e apoio. Justiça para Letícia!